Dia dos Namorados no canal 21

Hoje estarei me apresentando no canal 21, rede Mercosul, aqui no Paraná, a partir das 13:30 da tarde.

No repertório iremos cantar, eu e meu irmão, Djavan, Luciana Mello, Marisa Monte, entre outros.

Jessé Abreu é meu irmão, mora em Brasília, e veio passar uns dias por aqui. Como sempre tocamos juntos, achei uma boa idéia unirmos mais uma vez para fazer um som familiar.

O resultado você pode ver no programa de hoje, ou mais tarde postarei vídeos para assistirem no youtube.

Abraço a todos e feliz dia dos namorados!

Débora Abreu
12/06/2009
09:15

Projetando sua voz

Hoje vou falar um pouco sobre projeção vocal. O que vem a ser isso? Bom, projetar seria jogar lá na frente, deixar ela aparecer na frente, quando você está atrás. Pense num projetor, ele joga a imagem numa parede, em tamanho aumentado, certo? Então é isso que precisamos pensar a respeito da nossa voz.

Quando vamos chamar alguém à distância, geralmente, colocamos as mãos em volta da boca, e soltamos aquela voz, bem alta. A idéia da mão, talvez não ajude, mas o movimento muscular, e a intenção, fazem nossa voz projetar e chegar mais longe.

Ao cantar, precisamos também projetar esse som, para que ele chegue mais adiante. No teatro essa projeção precisa ser ainda mais efetiva, já que não conta (geralmente), com equipamentos de som, como microfones e etc.

Quando você projeta esse som, além de sair mais alto, ele sai menos tenso, porque você pensa nele lá na frente, e não na garganta, fazendo força.

Faça isso:

- Coloque suas mãos em torno da boca, e chame alguém à distância;

- Perceba que, você contrai a sua musculatura respiratória, joga um pouco o corpo pra frente;

- Perceba seu som. E tente fazer cantando semelhante.

Abraço e boa semana!

Débora Abreu
14/05/2009
09:04

Mais um áudio

Hoje estava brincando com minha nova mesa de som, testando a gravação num MAC, e resolvi colocar meu teste aqui. Ficou bem legal, depois de editar também usando o Audacity, software que gosto bastante pra edição de áudio.

De qualquer forma, a música foi gravada em casa, em 30 minutos, então perdoem qualquer erro aí, mas queria postar isso aqui, já que gostei do resultado!

Essa semana postarei algo mais sobre canto! Aguardem!

Boa semana!

Ah, clique aqui pra ouvir a música.

Débora Abreu
12/05/2009
20:56

Homenagem às mães!!

Estamos organizando, juntamente com alguns alunos e amigos, uma homenagem ao dia das mães, totalmente musical! Será o primeiro CBC Cultural, dia 09 de maio, às 20:00.

É uma forma de agradecer por tudo que elas têm feito por nós, durante tanto tempo, e alegrar o coração com músicas bonitas!!!

Se você quiser ir assistir, a entrada é gratuita, e será no salão da igreja Comunidade Bíblica de Curitiba. Clicando aqui você entra no site, e sabe mais informações sobre isso!

Além de homenagear as mães, os alunos terão oportunidade de se apresentar em público, no palco, com microfone e som, um momento de aprendizagem também para os que nunca se apresentaram!!

Abraço e boa semana

Débora Abreu
27/04/2009
11:30

Será que sou desafinado?

Como é possível alguém perceber se é ou não desafinado?

Bom, isso é bem simples, ou bem complexo, depende do nível de conhecimento musical que você tem. Mas , a primeira coisa a fazer é perguntar a alguém, que tenha conhecimento musical, se você é desafinado.

Mas vamos com calma, nós, seres humanos, somos por natureza desafinados! Isso porque precisamos de nosso ouvido para afinar, dar a mesma nota que um instrumento, que às vezes já vem afinado! Agora, existem níveis de desafinação tão grandes, que aí sim, pode-se considerar uma pessoa desafinada!

Já ouvi falar de alguns professores que não aceitam o aluno, se ele for desafinado. Eu, particularmente discordo dessa atitude, já que, existem maneiras de se transformar um aluno desafinado em alguém com afinação! Basta trabalhar em cima disso!

Bom, se você não quiser perguntar a alguém se é desafinado, grave você cantando junto com um cd, por exemplo. Coloque a música para tocar, e cante junto! Depois ouça, e veja se está parecido, ou se está bem longe do que está sendo cantado no cd!

Existem outras formas, como indo a um professor de canto, e fazendo pequenos testes!

Lembre-se que, 100% afiinado ninguém é, então, não desista! Existe aprendizagem para isso!

Cante, e seja feliz!

Bom final de semana!

Débora Abreu
27/03/2009
11:16

Gravando sua primeira música

Uma estratégia que uso com meus alunos, é gravar a primeira música, em uma das primeiras aulas que fazemos.

O interessante é notar o avanço, através das aulas, que o aluno apresenta!

Claro que, não só o aluno, eu mesma gravo de vez em quando algumas coisinhas, para me avaliar! Isso é muito bom, porque podemos nos ouvir, do lado de fora, digamos assim.

O que nós ouvimos quando estamos falando ou cantando é diferente do que os outros ouvem. Isso porque, temos duas formas de audição, a via aérea e a via óssea! A nossa voz, para nós que ouvimos muito pela via óssea (ou seja, o som passando pela vibração dos ossos) é bem mais grave e encorpado. Mas sabemos que a realidade é outra. Por isso gosto de gravar, e aproveitar para "brincar" um pouco com esse som que sai para os outros ouvirem!

Aproveite, e grave sua primeira música também. Tem um programa gratuito chamado audacity, que é gratuito, com muitas utilidades, e fácil de manusear, bom para quem quer começar!

Mãos à obra, e boa semana!

Débora Abreu
16/03/2009
13:11

Como funciona a aula de Canto/Técnica Vocal ?

A forma como é ministrada a aula de canto é sempre algo muito curioso para aquele que nunca fez essa aula.

Assim como funcionam os instrumentos musicais, em uma primeira aula, aprende-se, por exemplo, como funciona o violão, suas partes, os nomes das cordas, e assim por diante. Na aula de técnica vocal, ou canto, entendemos da mesma forma, precisamos primeiro conhecer o nosso instrumento, para saber, depois, o quê poderemos fazer com ele, e de que forma usar.

- RESPIRAÇÃO : é parte da aula. Para se cantar bem, precisamos saber usar, e saber o quê pode fazer a respiração para a pessoa que canta. Pense: se não tiver ar, um sax, por exemplo, fica desafinado, certo? Assim somos nós!

- LARINGE: precisamos saber como funciona, e como trabalhar as "cordas vocais", cujo nome correto seria Pregas Vocais. Ela dá o som da nossa voz, e pode também ser trabalhada!

- RESSONÂNCIA: esse trabalho vai dar a característica da nossa voz, assim como a qualidade do nosso som!

Além disso, trabalho com a articulação, afinação, postura, interpretação, e claro, o mais importante:

- REPERTÓRIO : Esse, é o aluno quem traz para as aulas, e assim damos dinâmica e realizamos um trabalho proveitoso, e com o gosto de cada aluno.

Além disso, trabalho com gravação do aluno, como metas a serem alcançadas, e com música, leitura de partitura e solfejo, segundo a vontade de cada aluno!

Ou seja, a aula de canto é uma forma prazerosa e estimulante de se vivenciar o mundo musical, além de colaborar com a cultura do nosso querido país!

Abraços e boa semana!

Débora Abreu
12/03/2009
11:42

Música Gospel X Música Brasileira

Essa "rivalidade" entre os dois estilos de música não deveria existir, mas existe. Muito discretamente, nós evangélicos acabamos por ignorar a nossa tão deliciosa música brasileira.

Infelizmente são poucos os músicos, dentro de uma geração de músicos evangélicos, que apreciam e vivenciam a música brasileira cristã!

João Alexandre, Guilherme Kerr, e outros dos Vencedores por Cristo, parece que criaram suas músicas, sua geração, e foram meio que deixados de lado!

Eu sou a primeira a levantar a bandeira brasileira musical! Acho que devemos e podemos fazer música "gospel" de qualidade, no nível de produções que estão dentro do mercado, tocando samba, bossa, jazz, e tantas coisas que acabam dando à nossa música, um perfil que só ela tem!

Por isso, incentivando esse fomento artístico brasileiro, vou divulgar esse site! É de um programa chamado Plataforma, feito pela LPC, que é muito legal, e divulga um pouco dessa música brasileira!

Vou lutar até o fim, para que possamos inserir a música brasileira nas igrejas, no louvor, nos cultos...o que seríamos de nós sem a nossa cultura?

É isso aí!

boa semana!

Débora Abreu
05/03/2009
10:40

Ana Carolina e outros mais... sujestões

Comprei o DVD da Ana Carolina, do show que ela fez pro Multishow!

Olha, gostei demais, fora as músicas que são meio esquisitas (as letras) no mais, gosto muito do instrumental, de ver ela tocando violão, baixo, pandeiro! Bom demais!

Legal também é ver o tanto que ela abre a boca pra cantar! Isso é legal de se observar, não só nela, mas em vários cantores!!

Então, fica aqui minha sujestão, esse dvd da Ana Carolina!

Outro DVD que gosto muito, é o da Zélia Duncan o Sortimento Vivo, muito bom também, e pra terminar a lista, o da Cássia Eller, Acústico MTV!

Tá, eu gosto de outras coisas, mas só falei das mulheres da voz grave! Mas é que elas trabalham muito com percussão, e eu amo isso! Acho que faz uma diferença absurda!

Mais alguns:

  1. Pedro Mariano (os dois)
  2. Marisa Monte (ainda não tenho)
  3. Djavan (todos)

Bom, é isso! Aproveite!

Abraço

Débora Abreu
04/03/2009
15:06

O Canto para a Terceira Idade

Constantemente eu ouço alguém falar que está "muito velho" para aprender a cantar. Mas o certo é que o canto é uma ótima terapia também, inclusive muito bom para a terceira idade.

O que o canto pode trazer de melhorias:

  1. Melhora a respiração, deixando a pessoa mais calma, e melhorando o sono;
  2. Melhora a musculatura facial, e a articulação, ajudando em problemas de fala ou de deglutição;
  3. Ajuda a melhorar a qualidade da voz, de uma forma geral;
  4. Trabalha o ritmo, e a noção de afinação

    Entre outras áreas que ajudam na melhoria da qualidade de vida do idoso. Por isso, o canto não tem idade, pelo contrário, quando você tem tempo para treinar, nada melhor do que aprender a cantar ou a tocar um instrumento!Aprendi com uma senhora de 92 anos, que me falou que sempre quis tocar piano, e começou aos 85 anos, do zero! E hoje, deve estar por aí tocando!! 

    A vida é pra ser vivida, até aonde houver fôlego, CANTE! :-)

    um abraço

    Débora Abreu
    18/02/2009
    15:55

    Páginas